O nível da taxa de conversão do comércio eletrônico brasileiro e a “cauda longa”

Os meios de pagamento mais usados no ecommerce brasileiro
9 de junho de 2015
AliExpress já é a Loja Virtual com mais acessos no Brasil
9 de julho de 2015

O nível da taxa de conversão do comércio eletrônico brasileiro e a “cauda longa”

Segundo o Atlas do Ecommerce Brasileiro, 59% de todas as lojas virtuais são de “cauda longa”, ou seja: recebem menos de 10mil visitas por mês e atuam com apenas 1 ou 2 tipos de produtos distintos. São pequenas lojas de nicho, seja de produtos de fabricação própria ou focados na venda para um público bem específico. Sabemos também que 86% das lojas virtuais são totalmente virtuais, enquanto 14% são vinculados a lojas físicas.

Disponibilidade de produtos: parece óbvio que ter os produtos disponíveis é fundamental para a venda, não é mesmo? Mas o que parece simples a primeira vista é complicado para as lojas virtuais. Cerca de 44% dos produtos anunciados em lojas virtuais brasileiras não estão disponíveis. Ou seja, a cada 100 produtos anunciados em sites na internet, somente 56 realmente podem ser comprados de fato! Incrível não é?!

Agora falando sobre conversão, temos dados bem interessantes.

De cada 100 visualizações de páginas nas lojas virtuais (pageview), 2,73% criam a ação de colocar produtos no carrinho e 1,5% terminam em compra.

Os carrinhos abandonados representam 57% em média: ou seja, a maioria dos produtos colocados no carrinho não são comprados de fato. Se considerarmos somente as grandes lojas, este número chega a 61%.

Taxa de rejeição é uma visita que não fica na página tempo suficiente para fazer nada. E esta taxa atualmente está em 54% para grandes sites e 35% para pequenos.

E a sua loja? Está fazendo feio ou está bem no aspecto de conversão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *