Os diferentes tipos de softwares para cada negócio

Vagas para Programador Pleno ou Sênior -B2ML
30 de setembro de 2020
5 dicas de como implantar um bom software de RH na sua empresa
15 de outubro de 2020

Os diferentes tipos de softwares para cada negócio

Quem deseja dar início a um novo negócio precisa se planejar adequadamente, levando em consideração todos os aspectos e os elementos que devem ser utilizados para permitir o funcionamento da empresa.

A depender do segmento no qual se vai atuar, isso é ainda mais importante. Afinal, cada nicho possui as suas especificidades, e a sua demanda interna será diferente dos demais. 

Não à toa, ao montar uma loja de roupas femininas, o empresário precisará buscar por fornecedores especializados no ramo, para encontrar boas peças e conseguir oferecer o que há de melhor para o seu público. 

Da mesma forma, uma empresa de desentupidora terá produtos especiais para o seu tipo de serviço e, por sua vez, precisará contar com fornecedores específicos do setor. 

Mas não é apenas nesse aspecto que há diferenças entre negócios de setores diferentes, uma vez que cada elemento que será utilizado para o funcionamento da empresa terá características personalizadas do seu nicho. 

Assim, outro item que pode mudar conforme as necessidades de cada negócio são os softwares necessários para administrar o estabelecimento, de maneira que conhecer as opções disponíveis no mercado facilita a seleção dos programas que a empresa precisará.

De fato, a tecnologia contribuiu de forma positiva para o desenvolvimento de soluções que pudessem atender demandas de vários gêneros, e por isso saber o que funciona para o seu negócio é parte fundamental do crescimento da marca. 

Para quem reconhece a importância de ter softwares voltados para as demandas internas do estabelecimento, conhecer os principais tipos pode ajudar na escolha daqueles que serão utilizados na rotina do negócio. 

Sendo assim, se você quer conhecer os possíveis sistemas para cada negócio, siga na leitura deste conteúdo e saiba mais sobre o assunto, aprendendo a selecionar os modelos ideais para a sua empresa.

1. Softwares de administração

Gerenciar um negócio envolve uma série de processos e burocracias, que vão desde a abertura de empresa simples até a administração geral do estabelecimento, sendo que esta precisa ser feita diariamente. 

Justamente por isso, as soluções mais essenciais em termos de softwares são aquelas voltados para a gestão do negócio, uma vez que ocorre a facilitação dos registros e das consultas administrativas de forma simplificada. 

Há diferentes sistemas para isso, tais como:

  • Planilhas eletrônicas;
  • Gestão de tarefas;
  • Performance empresarial;
  • Gerenciamento de documentos.

Planilhas eletrônicas

Os softwares de planilhas eletrônicas são os mais comuns em qualquer negócio, pois possuem uma estrutura simples que pode ser utilizada por qualquer profissional com conhecimentos básicos na ferramenta. 

É possível encontrar até mesmo versões online, que permitem o acesso de vários colaboradores ao mesmo documento. 

As planilhas podem ser usadas de maneira prática para registrar os serviços de contabilidade, por exemplo, onde informações financeiras de entrada e de saída de valores são vistas e atualizadas rapidamente. 

Gestão de tarefas

A quantidade de tarefas diárias que são necessárias dentro de uma empresa pode variar conforme o tamanho dela, o número de funcionários e o de pedidos, exigindo um controle administrativo bastante eficiente; 

Para isso, é indicado utilizar softwares de gestão de tempo, que ajudam a distribuir as demandas internas do negócio conforme os departamentos, melhorando a organização e possibilitando que todos os serviços sejam realizados no prazo correto. 

Nesse sentido, a gestão de tarefas é de grande importância para qualquer negócio, e um bom programa de gerenciamento pode trazer benefícios para toda a equipe da empresa. 

Performance empresarial

Tão importante quanto administrar bem o seu estabelecimento é poder mensurar o seu dia a dia de modo a entender como anda a performance do local, sendo essa uma forma eficaz de corrigir possíveis erros no trabalho.

Um software de performance corporativa ajuda a acompanhar os indicadores de desempenho de forma simplificada, permitindo que os gestores dos seus departamentos possam entender o que está indo bem e o que deve ser melhorado. 

Por isso, seja para uma empresa de portaria remota ou para um escritório de contabilidade, a instalação de um programa focado em gerenciar a performance do negócio pode fazer toda a diferença no crescimento da marca.

Gerenciamento de documentos

A quantidade de documentos que uma empresa é capaz de gerar continuamente pode surpreender qualquer pessoa. Afinal, é necessário registrar uma série de ações realizadas diariamente, possibilitando o controle ideal da companhia. 

Pagamento de contas de consumo e de impostos, relatórios gerenciais, orçamentos, contratos, pedidos e projetos são apenas alguns exemplos do que pode ser emitido com frequência dentro de um estabelecimento. 

Para evitar transtornos com espaço, uma vez que um arquivo físico pode ocupar uma grande área da empresa, e até mesmo para facilitar a consulta a esses documentos, um software de gestão para essa necessidade pode ser essencial em qualquer negócio. 

2. Softwares de gestão de estoque

Gerenciar o estoque de uma empresa pode ser uma tarefa desafiadora, principalmente se ela for de grande porte. Isso porque a quantidade de produtos que existem ali pode ser imensa, o que exige um controle eficaz para evitar prejuízos e otimizar a rotina. 

Os softwares de gestão de estoque se tratam de uma solução prática para uma empresa de aluguel de impressoras ou para um supermercado, pois permite ver, de forma rápida e organizada, o que está armazenado nessa área importante do estabelecimento. 

Com um programa eficiente, é possível evitar prejuízos com a perda de produtos em decorrência da data de validade, além de facilitar o acompanhamento de quantidades, prevenindo a falta de estoque e garantindo que vendas não sejam perdidas. 

Por isso, um sistema de gestão de estoque pode ser fundamental para os mais diversos tipos de negócios. 

3. Softwares de automação de marketing

Quando uma empresa de locação de tendas decide expandir o seu negócio e precisa investir em ações de marketing, ela deve considerar o uso de softwares de automação de marketing, que ajudam na gestão de campanhas de modo prático. 

Com um programa desse gênero, é possível configurar ações de e-mail marketing, gerenciar anúncios na internet, administrar postagens de conteúdos no site ou blog e mensurar métricas sobre a eficiência da publicidade aplicada pela empresa. 

Tudo isso é essencial para que as ações de divulgação sejam eficazes e possam ser acompanhadas de perto, para que se houver a necessidade de adaptar uma etapa do marketing esse processo possa ser feito com maior assertividade. 

Sendo assim, é indispensável considerar o uso de automação de marketing e encontrar um software para isso pode ser mais importante do que se imagina. 

4. Softwares de gestão de relacionamento com cliente (CRM)

O software CRM (Customer Relationship Management) é uma solução para o gerenciamento dos departamentos de venda e de marketing, pois possibilita a captação de dados importantes que podem ser utilizados de forma estratégica. 

Com essas informações, uma empresa de assessoria trabalhista, por exemplo, consegue definir o perfil do seu público, o que possibilita um trabalho muito mais assertivo, uma vez que conhecer os potenciais clientes ajuda a vender melhor e mais rapidamente.

Além disso, o CRM é utilizado para gerenciar a equipe responsável pelas vendas da empresa, uma vez que define metas, registra interações com cliente e otimiza a comunicação entre a empresa e os compradores. 

Pode até mesmo ser utilizado para administrar contratos, ajudando nas etapas de renovação, garantindo que ocorram no prazo correto. 

5. Softwares de integração (ERP)

Outro software que merece ser mencionado é o ERP (Enterprise Resource Planning), ou seja, um programa para o planejamento de recursos empresariais.

Ele possibilita a integração de dados e processos de uma empresa em um único sistema, o que quer dizer que o seu funcionamento inclui funcionalidades financeiras e até mesmo de gestão de estoque. 

Com isso, em vez de instalar um software específico para cada departamento da empresa, o ERP centraliza todas as áreas do negócio em um único local, permitindo um controle muito mais abrangente dos gestores. 

Além disso, a emissão de relatórios gerenciais de uma empresa de terceirização contábil, por exemplo, torna-se mais completa e simplificada, trazendo todos os dados necessários para as tomadas de decisão no seu negócio. 

Vale mencionar que o ERP é também um software de automação, o que ajuda a diminuir possíveis erros em registros e otimizar o trabalho interno como um todo. 

A importância da personalização de softwares

Depois de conhecer alguns dos principais tipos de softwares para diferentes negócios, é importante que o empresário saiba identificar quais deles podem ser utilizados na sua empresa, facilitando o trabalho e evitando processos burocráticos. 

Mas existe ainda um ponto que deve ser considerado antes de optar por um determinado tipo de programa de gestão: a personalização do software

Atualmente, é possível encontrar empresas especializadas na construção desses sistemas, que levam em consideração as especificidades de cada negócio, para que as ferramentas inseridas no software possam atender as demandas do estabelecimento de modo integral. 

Por isso, se você já estava pensando em procurar por um programa para implementar na sua empresa, não deixe de considerar o uso de softwares personalizados, que vão otimizar o trabalho e oferecer todo o suporte que o seu negócio precisa. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *