Quais os sistemas de pagamentos que podem revolucionar o mercado

Qual a diferença entre ter ou não o PIX?
21 de dezembro de 2020
Como a tecnologia influencia o mercado de trabalho
12 de janeiro de 2021

Quais os sistemas de pagamentos que podem revolucionar o mercado

A tecnologia tomou conta de vários elementos na vida das pessoas, tornando-os mais fáceis e simplificados. Nesse cenário, um item que merece destaque são os sistemas de pagamentos, cada vez mais comuns e dinâmicos. 

Diversas ferramentas são utilizadas no dia a dia, seja para necessidades pessoais ou corporativas. Em geral, elas trazem cada vez mais recursos que ajudam a realizar ações de modo prático e rápido. 

O envio de mensagens instantâneas, as conversas por vídeo, os aplicativos de delivery de refeições e os sistemas de pagamentos virtuais são alguns exemplos disso. 

Se eles já são ferramentas importantes para as pessoas, para as corporações isso não seria diferente. Afinal, esse tipo de auxílio pode ser o que faltava para que empresas de alimentação ou de qualquer outro segmento otimizem as suas atividades internas. 

Em um sistema de pagamento se pode fazer diferentes tipos de atividades, o que o torna cada vez mais importante para as empresas dos mais diversos portes. 

Vale lembrar que ter uma conta bancária era um dos únicos meios de facilitar os pagamentos de contas e os recebimentos de valores, gerenciando esse tipo de movimentação financeira. 

Posteriormente, as contas bancárias tiveram uma atualização interessante: o acesso pela internet. Com isso, a otimização de tempo e a agilidade nas transações bancárias de qualquer pessoa foram se aperfeiçoando ainda mais. 

Graças à tecnologia, hoje existem soluções ainda mais interessantes, que automatizam uma série de processos e permitem que a organização financeira de famílias ou empresas se torne possível de forma muito simples. 

Mas as novidades não param de chegar, e estar por dentro delas é fundamental para desfrutar de benefícios tecnológicos indispensáveis para a rotina. 

Se você reconhece esse cenário e quer entender melhor quais são os mais promissores sistemas de pagamentos do mercado, este artigo é para você. Então, siga na leitura dele e saiba mais sobre o tema. 

Novos sistemas de pagamento presentes no mercado

O mercado é constantemente aquecido com o surgimento de novas instituições financeiras, que além de prestarem os mais diversos tipos de serviços também disponibilizam soluções personalizadas para os seus clientes. 

Esses clientes podem ser tanto pessoas físicas quanto empresas de mão de obra terceirizada, de maneira que os recursos oferecidos possuem uma grande abrangência. 

Os sistemas de pagamentos não param de surgir no mercado, o que garante que o setor se mantenha sempre competitivo e que as pessoas encontrem aqueles que mais façam sentido para a sua rotina. 

Entre os novos meios de pagamento do mercado, é possível mencionar:

  • Pagamento por aproximação;
  • QR code;
  • Carteira digital;
  • Pagamento via Pix;
  • Entre outros. 

O pagamento por aproximação vem ganhando vários adeptos. Em geral, eles funcionam por meio de acessórios, como uma pulseira, que quanto está próxima da maquininha faz o lançamento do valor na conta bancária ou na fatura do cartão. 

Outro sistema de pagamento que vem conquistando o seu espaço é o QR code. Ao fazer a leitura de um código de barras pela câmera do celular, o comprador é enviado para o app financeiro, onde escolherá o seu meio de pagamento.

Nesse caso, ao comparecer a uma gráfica para adquirir um lote de etiqueta de segurança, o cliente pode escanear o QR code no balcão e realizar o pagamento do item por ali. 

As carteiras digitais se tratam de uma identidade virtual do cliente, na qual ele insere os seus dados e cartões. Assim, ao comparecer a uma loja e desejar fazer uma compra, ele não precisa levar nenhum cartão, fazendo o pagamento de modo online via smartphone. 

Por fim, vale mencionar o Pix, o novo sistema de pagamento disponibilizado pelo Banco Central. Por meio dele, é possível fazer uma série de transações de maneira rápida e simplificada, ajudando a otimizar processos financeiros. 

Para entender melhor o potencial do novo Pix, é preciso falar dele de modo mais aprofundado. 

O novo Pix

O Pix foi desenvolvido recentemente, estando disponível para o público em novembro de 2020, e já apresenta um potencial interessante para pessoas físicas, mas também para empresas de serviços de assessoria trabalhista e de todos os outros nichos. 

Por meio de cinco chaves, que são a identificação do usuário Pix, é possível receber valores em poucos segundos, o que além de agilizar grande parte dos processos de transferência também otimiza pagamentos dos mais diversos gêneros. 

Mesmo que o Pix apresente semelhanças com as transferências por DOC (Documento de Ordem de Crédito) ou TED (Transferência Eletrônica Disponível), ele possui características próprias, o que o torna mais vantajoso do que as modalidades citadas. 

Uma delas é a falta de taxas para se transferir valores. Para empresas, haverá cobrança, mas serão menos onerosas do que em outros serviços convencionais. 

Além disso, o cliente que entra em uma loja para adquirir suprimentos para comunicação visual poderá realizar o pagamento do seu pedido por meio do Pix, tornando as relações de compra e venda muito mais simples e dinâmicas. 

Diferenças dos sistemas de pagamentos

Cada sistema de pagamento possui as suas especificidades, de maneira que escolher aquele que atenda às necessidades do usuário é a melhor forma de garantir uma boa escolha, que será realmente útil para o dia a dia. 

Assim, entender um pouco mais sobre as características de cada um deles é essencial para selecionar o tipo que faça mais sentido de acordo com as atividades realizadas pelo usuário.

Os pagamentos por aproximação dependem do uso de pulseiras em muitos casos, o que quer dizer que o pagador precisará estar sempre com ela. 

O QR code e a carteira digital funcionam a partir de um smartphone, e por isso pode ser uma solução mais simples para quem está sempre com o celular e aproveita os benefícios da tecnologia para diversas atividades. 

O Pix é um sistema mais amplo, de modo que ele pode ser utilizado não somente para pagamentos, mas também para fazer transferências e receber valores na sua conta. 

Dessa maneira, entender qual deles pode ser mais eficaz para o pagamento de uma compra de rótulos adesivos, por exemplo, é a forma mais direta de fazer uma boa escolha. 

Também há quem decida ter diferentes modalidades de pagamento disponíveis. Assim, pode utilizar aquela que for mais conveniente conforme a situação. 

Como o mercado tem se adaptado a essas ferramentas

Não é difícil perceber que a empresa que não se adapta a novos processos pode perder tempo, dinheiro e clientes. Sendo assim, torna-se urgente incluir entre os formatos de pagamento aceitos os novos sistemas digitais. 

De qualquer maneira, eles também trazem benefícios para o dia a dia de um estabelecimento, justamente porque apresentam menores taxas de uso, e por isso competem com as principais modalidades bancárias aceitas. 

Vale lembrar que, nesse cenário, os bancos digitais também estão se destacando no mercado, uma vez que, por meio de estudos, passam a entender mais sobre como tornar acessível os seus pacotes de serviços e atender uma maior quantidade de clientes. 

Nesse sentido, aderir a sistemas de pagamentos como o Pix ou como o QR code é essencial para que uma companhia possa atender desde pessoas físicas até projetos corporativos.

Novas oportunidades para novos sistemas

Como a tecnologia e o mercado não possuem limitações e estão em constante evolução, é possível dizer que sempre há novas oportunidades de desbravar o setor em que se atua e conhecer novos sistemas. 

Isso pode ser tanto no que diz respeito ao uso desses meios de pagamentos quanto na criação de novas plataformas, o que significa que sempre haverá espaço no universo corporativo para novas descobertas. 

Afinal, é possível perceber a busca constante de soluções para o controle das contas, a automação de processos, o gerenciamento do fluxo de caixa e um maior domínio sobre os gastos, elementos essenciais para o sucesso de um negócio.

Nesse sentido, assim como um mapeamento de competências pode ser essencial para descobrir novos talentos entre os colaboradores da sua equipe, buscar novos sistemas ou até mesmo criá-los é uma oportunidade oferecida pelo mercado de modo constante. 

Como se adaptar às mudanças

Quando um novo sistema de pagamento surge, como é o caso do Pix, existe a necessidade de se adaptar às mudanças, principalmente quando ele possui o potencial de crescimento e expansão, tornando-se comum na rotina das pessoas.

A TED e o DOC foram implementados no sistema bancário em um determinado momento e, para a realização de transferências bancárias entre contas diferentes, houve a necessidade de aprendizado, tornando possível realizar esses processos. 

Os sistemas de pagamento mais modernos vão sendo construídos levando em consideração o perfil atual dos usuários, de modo que eles são elaborados para facilitar a usabilidade e torná-la mais simples para todos. 

De qualquer maneira, buscar auxílio por meio da instituição financeira e pesquisar por tutoriais na internet pode ser a maneira mais prática de aprender a usar os novos sistemas, conseguindo se adaptar a eles com maior facilidade. 

Os sistemas de pagamento podem revolucionar o mercado como um todo, e estar atento às novidades é a melhor maneira de desfrutar de vantagens, como a rapidez nos processos e os custos menores para a realização deles. 

Por isso, não deixe de conhecer cada um desses lançamentos e comece a utilizá-los o quanto antes para ter maior conforto e eficiência.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *